Deputados pedem vista de matéria que altera data-base

Porém, o relator Lucas Kalil informou a colegas da base e oposicionistas que não acataria nenhum tipo de mudança ao projeto enviado pela Governadoria

José Nelto (esq) e Major Araújo tiveram pedido de vistas negado | Y. Maeda/Assembleia

José Nelto (esq) e Major Araújo tiveram pedido de vistas negado | Y. Maeda/Assembleia

Cinco deputados pediram vistas ao projeto de lei da data-base dos servidores públicos estaduais durante reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), nesta terça-feira (1º), na Assembleia Legislativa.

Porém, relator Lucas Calil (PSL) negou o acatamento das emendas, mantendo o texto original do Poder Executivo.

Três dos pedidos partiram de integrantes da base aliada ao governo do estado: os tucanos Júlio da Retífica e Gustavo Sebba e Francisco Oliveira (PHS). Os outros partiram de José Nelto (PMDB) e Adriana Accorsi (PT).

A mudança básica prevê o adiamento, por doze meses, de todos os reajustes salariais acordados nas leis. O processo já havia sido aprovado pela Comissão Mista com emendas aditivas e, em seguida, encaminhado ao plenário para primeira fase de discussão e votação.

Na sessão ordinária que ocorreu antes da reunião extraordinária da CCJ desta tarde a matéria recebeu emenda em plenário pelos deputados Bruno Peixoto (PMDB), Major Araújo (PRP) e de Accorsi.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.