Deputados estaduais tomam posse neste domingo (1º/2) com desafio de manter diálogo com governo estadual

41 parlamentares goianos eleitos em 2014 dão início à nova legislatura. Governador Marconi Perillo tem maioria absoluta, o que deve garantir governabilidade

Posse dos deputados estaduais eleitos movimenta Alego neste domingo (1º/2) | Foto: Sérgio Rocha / Assembleia

Posse dos deputados estaduais eleitos movimenta Alego neste domingo (1º/2) | Foto: Sérgio Rocha / Assembleia

Os 41 deputados estaduais eleitos em 2014 tomam posse neste domingo (1º/2), em solenidade às 14 horas na Assembleia Legislativa do Estado de Goiás.

Diplomados em dezembro, os parlamentares goianos dão início à legislatura 2015-2018 com o desafio de manter o diálogo com o governo estadual para dar sequência ao ritmo de crescimento que Goiás vem apresentando nos últimos anos.

Governador pela quarta vez, Marconi Perillo (PSDB), ao que tudo indica, não terá dificuldades no que diz respeito a aprovação de projetos na Casa Legislativa. Com maioria absoluta (pelo menos 27 deputados estaduais são, declaradamente, governistas), o tucano terá pouco o que se preocupar com oposições ferrenhas.

Embora nomes como Adib Elias (PMDB) e José Nelto (PMDB) estejam de volta à Alego, a oposição não tem força suficiente para travar planos do governo. Prova disso é a aprovação, na íntegra, da reforma administrativa proposta pelo governador no fim do ano passado.

Na composição da mesa diretora, o presidente atual do órgão, Hélio de Sousa (DEM), deve continuar no cargo. Como adiantado pelo Jornal Opção Online, a configuração deve ser: Hélio presidente; Mané de Oliveira (PSDB), 1º vice-presidente; Lincoln Tejota (PSD), 2º vice-presidente; Henrique Arantes (PTB), 1º secretário; Nédio Leite (PSDB), 2º secretário; Humberto Aidar (PT), 3º secretário; e Paulo Cezar Martins (PMDB), 4º secretário.

Relembre quem são os 41 deputados estaduais eleitos em 5 de outubro de 2014:

MANÉ DE OLIVEIRA (PSDB) – 62.655 votos

PAULO CEZAR MARTINS (PMDB) – 54.629

LINCOLN TEJOTA (PSD) – 45.091

JOSÉ VITTI (PSDB) – 43.867

DELEGADA ADRIANA ACCORSI (PT) – 43.424

HENRIQUE ARANTES (PTB) – 42.414

BRUNO PEIXOTO (PMDB) – 37.826

VIRMONDES CRUVINEL (PSD) – 37.655

ISO MOREIRA (PSDB) – 37.430

MARQUINHO DO PRIVÊ (PSDB) – 37.273

ZÉ ANTÔNIO (PTB) – 37.061

ADIB ELIAS (PMDB) – 36.732

TALLES BARRETO (PTB) – 36.639

CLÁUDIO MEIRELLES (PR) – 36.176

ÁLVARO GUIMARÃES (PR) – 35.660

JEAN (PHS) – 34.872

VALCENOR BRAZ (PTB) – 34.771

GUSTAVO SEBBA (PSDB) – 33.760

LÊDA BORGES (PSDB) – 32.217

DIEGO SORGATTO (PSD) – 32.162

DR. HELIO (DEM) – 31.137

MARLUCIO PEREIRA (PTB) – 30.957

NÉDIO LEITE (PSDB) – 29.900

FRANCISCO JR (PSD) – 29.718

LISSAUER VIEIRA (PSD) – 29.676

HUMBERTO AIDAR (PT) – 28.375

CARLOS ANTÔNIO (SD) – 28.093

JOSE NELTO (PMDB) – 28.042

ERNESTO ROLLER (PMDB) – 24.975

FRANCISCO OLIVEIRA (PHS) – 24.889

RENATO DE CASTRO (PT) – 23.219

MAJOR ARAÚJO (PRP) – 21.528

DR. ANTONIO (PDT) – 21.155

SIMEYZON SILVEIRA (PSC) – 20.472

LUÍS CÉSAR BUENO (PT) – 20.290

ELIANE PINHEIRO (PMN) – 19.778

CHARLES BENTO (PRTB) – 19.429

LUCAS CALIL (PSL)- 18.128

ISAURA LEMOS (PC do B)- 17.701

SANTANA (PSL) – 12.674

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.