Parlamentar ligado à carreira procura outros lugares para alocar o que pagaria concursados, após derrota de uma emenda apresentada na CCJ

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Os aprovados no último concurso para delegado de Polícia Civil do Estado podem ser chamados para assumir o cargo, caso o deputado estadual ligado à carreira Humberto Teófilo (PSL) consiga encontrar algum lugar no Orçamento para viabilizar o pagamento dos aprovados na folha de pagamento dos servidores.

O parlamentar tentou aprovar uma emenda no projeto dos “Depósitos Judiciais” que garantiria o valor dos novos servidores em futuras folhas de pagamento. Não deu certo. A emenda foi derrubada por cinco votos contrários e 4 favoráveis. O Estado argumenta não ter dinheiro para admitir os concursados, o que incharia a folha que já beira R$ 1 bilhão mensal. Mas há demanda de novos delegados para o interior de Goiás.

A derrocada da emenda aconteceu na semana passada, mas Teófilo assegura seguir firme na “tentativa de sensibilizar o governo do Estado para essa área. A emenda era ainda para os Policiais Militares aprovados em concurso, além dos delegados”.