Deputado quer criar o “partido dos defensores da saúde”

Para Helio de Sousa, debates têm de ser iniciados na bancada da classe no Congresso Nacional. Ele nega querer alçar voos mais altos em eleições futuras com a iniciativa

Helio de Sousa foi eleito para o quinto mandato | Y. Maeda/Assembleia Legislativa

Helio de Sousa foi eleito para o quinto mandato |Foto: Y. Maeda/Assembleia Legislativa

O presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, Helio de Sousa (DEM), afirmou ao Jornal Opção Online que vai dedicar seu quinto mandato como deputado estadual à causa da saúde. Graduado em Medicina pela Universidade Federal de Goiás (UFG) em 1973, o democrata disse que na campanha eleitoral deste ano sentiu uma sensação diferente das outras: “Redescobri que sou médico, uma mão amiga.”

Ex-prefeito de Goianésia e co-fundador do Hospital São José na cidade, em 1973, ao lado dos médicos José Barbosa de Oliveira e José Dias Rezende, ele justifica sua fala por ter percebido a reaproximação de amigos médicos durante as andanças pelo Estado no período eleitoral.

O dirigente afirma que para defender sua classe é preciso despertar o privilégio do profissional. Para isso, pretende provocar uma discussão sobre a revitalização do Sistema de Único de Saúde (SUS) e a reestruturação dos planos de carreira da classe. A vontade dele, inclusive, seria a de que as discussões chegassem ao Congresso Nacional. “Existe a bancada médica, da saúde, mas elas não têm representatividade o suficiente para interferir nas decisões do governo federal”, analisou, citando a Câmara dos Deputados e o Senado.

Sobre ações do governo federal para o setor, o parlamentar diz que a intenção da União em criar o programa Mais Médicos, por exemplo, é política. No entanto, a sua execução é falha, pois não proporciona estrutura física e humana para que os médicos atendam de maneira adequada, especialmente em cidades do interior. “A iniciativa não cria raízes entre o profissional e a sociedade”, avalia, observando que a medida é paliativa.

Se criar um partido dos defensores da saúde é possível? Helio de Sousa acredita que sim. “Sempre será um tema atual entre todas as pessoas e é preciso abordá-lo em um panorama nacional”, pontuou. Contudo, o presidente da Assembleia nega qualquer intenção de alçar voos políticos mais altos em futuras eleições. “Quero terminar meu mandato”, concluiu.

Uma resposta para “Deputado quer criar o “partido dos defensores da saúde””

  1. Antonio Alves disse:

    É bom que se entenda que a criação de mais um partido é apenas uma manifestação do desejo de poder. Fosse assim iríamos criar o Partido da Educação Brasileira-PEB, o Partido Brasileiro da Saúde-PBS, o Partido da Segurança Nacional-PSN e um partido para cada seguimento. Como um partido desses, chegando ao poder vai se relacionar com outros seguimentos sociais?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.