Deputado pede “providências firmes” para que Goiás alcance equilíbrio fiscal desejado

Otoni diz que governo eleito deve viabilizar soluções e cumprir obrigações com todos os setores da administração

Foto: Reprodução

O deputado federal Rubens Otoni (PT) afirmou nesta sexta-feira, 11, que o Regime de Recuperação Fiscal (RRF) pretendido pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) pode ser uma medida acessória, mas nunca a saída para o problema financeiro que o estado enfrenta atualmente.

“Até porque o RRF não depende de decisão unilateral. Antes dessa, há necessidade de providências firmes de combate à sonegação, cobrança aos devedores e outras medidas a serem adotadas para viabilizar o equilíbrio fiscal desejado”, disse o deputado.

Otoni também usou suas redes sociais para defender que o servidor público trabalha para o Estado e não para o governador A ou B. “Quem é eleito está no governo para viabilizar soluções e cumprir as obrigações com todos os setores da administração”.

O petista disse ainda que ao pedir que comércio realize venda fiado e distribua cesta básica, Caiado só desmoraliza e abre espaço para chacota ao governo.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.