Deputado lamenta falta de quórum na Assembleia Legislativa de Goiás

Dos 41 parlamentares, apenas um não disputa as eleições de 2018

Álvaro Guimarães | Foto: Ruber Couto

Em ritmo de campanha eleitora, a Assembleia Legislativa de Goiás tem ficado cada vez mais vazia. Dos 41 deputados, apenas um não é candidato nesse pleito: Marquinho Palmerston (PSDB).

Com os ânimos voltados para a disputa eleitoral, as sessões ordinárias da Alego não tem atingido quórum para votação de matérias e acabam sendo encerradas minutos após ser aberta.

O deputado estadual e candidato à reeleição, Álvaro Guimarães (DEM), diz que a rotina na Casa de leis está difícil. “”O deputado tem a obrigação de estar aqui no plenário e de estar no interior do estado também. Mas a obrigação primeira é aqui. É aqui que a gente aprova projetos, fiscaliza o governo, apresenta matérias que são de interesse dos municípios e da população”, declara.

O parlamentar ressalta que, apesar de o painel do plenário geralmente registrar um grande número de parlamentares presentes nas sessões, a realidade é diferente. “Você olha no painel e tem 21 presenças, mas se você olhar no plenário não tem mais de 10 deputados. Eles passam por aqui, registram a presença e vão embora”.

Para Álvaro Guimarães, poucos projetos devem ser votados nesse período eleitoral. “Eu vejo isso com muita tristeza”, finaliza.

Deixe um comentário