Governista diz que senador é “incoerente” e comprova que na gestão Marconi, comprometimento das contas diminuiu 

Deputado estadual Jean Carlo | Foto: Marcos Kennedy

O deputado estadual Jean Carlo (PHS) rebateu, neste sábado (8/4), críticas do senador Ronaldo Caiado (DEM) sobre as contas do governo do estado. Pelo Twitter, ele alegou que dados da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) mostram que a relação receita/despesa está caindo e, consequentemente, a dívida também.

Na rede social, o democrata atacou a atual gestão estadual e disse que o governo estaria “acima do limite de 100% da relação entre dívida e receita corrente líquida”.

Em resposta, Jean disse que se tratava de “um verdadeiro oportunismo político”, pois “o senador apoiou esse governo desde o início e agora faz bravatas para impressionar”. Segundo o deputado, o senador “comprova sua incoerência” ao continuar apoiando o PMDB do prefeito Iris Rezende, fazendo vistas grossas para os problemas da capital, como o caos na saúde pública e a demissão de centenas de médicos, classe a qual pertence.

Jean recorreu a dados da Sefaz que mostram que a proporção da dívida do Estado em relação à Receita Corrente Líquida vem caindo gradativamente desde 1999, quando o atual governador, Marconi Perillo (PSDB), assumiu o mandato.

Quando deixou o governo, em 1998, Maguito Vilela, do PMDB, deixou, segundo ele, dívida equivalente a 3,45 vezes a receita corrente líquida para o ano seguinte. Em seus quatro mandatos, Marconi inverteu o quadro e hoje a receita supera a dívida. Atualmente, a relação é de 0,99: a Receita Corrente Líquida é maior que a Dívida Consolidada Líquida.

“Portanto, Marconi reduziu a dívida do Estado em 71% desde que assumiu o governo de Goiás pela primeira vez”, asseverou.