Deputado Eduardo Prado busca apoio político para chefiar o PV em Goiás

Numa jornada infindável de cidade em cidade que percorreu três mil quilômetros em duas semanas, o deputado busca apoio político para comandar o Partido Verde estadual  

Deputado visitou 30 cidades em duas semanas para buscar novas filiações ao Partido Verde | Foto: Divulgação

O deputado estadual Eduardo Prado quer assumir a presidência do Partido Verde em Goiás. Há pouco tempo conversou com o presidente nacional do partido, José Luiz Penna, e o presidente do PV no Distrito Federal, Eduardo Brandão, para demonstrar esse desejo e pedir respaldo para reformular a sigla em território goiano.

Nas duas últimas semanas, o parlamentar visitou 30 cidades num raio de três mil quilômetros em busca de novas filiações e não deixou de ouvir demandas dos filiados. Segundo Prado, as viagens continuarão até o objetivo ser alcançado.

Na lista já tem anotado quatro prefeitos e 50 vereadores com pretensão de se filiarem ao PV, caso o deputado assuma a liderança da legenda. E 11 candidatos a prefeito também estão na espera por mudanças no comando.

“Recebo dezenas de ligações diariamente e tenho certeza que podemos fazer do PV um dos partidos mais fortes de Goiás”, relata Prado.

Prado participou de reuniões no interior para buscar apoio político | Foto: Divulgação

O parlamentar diz contar com apoio do atual presidente do partido, Eduardo Zaratz, que atualmente é Secretário de Desenvolvimento Social no Governo do Distrito Federal.

Prado reforça que tem credenciais para assumir o cargo: foi o vereador e deputado estadual mais votado da história do PV. Seu nome é cogitado para disputar a Prefeitura de Goiânia em 2020 e recentemente foi eleito, pelo segundo ano consecutivo, como melhor vereador, em 2018, pela eleição do Clube de Repórteres Políticos de Goiás.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.