Lissauer Vieira (PSB) fala do impacto econômico que o fechamento pode causar para a região Sudoeste. Empresa nega

Lissauer Vieira na Assembleia | Foto: Renan Accioly

Rafaela Bernardes
Especial para o Jornal Opção

Para o deputado estadual Lissauer Vieira (PSB), a possibilidade de que a unidade de Mineiros (a 420 km da capital) da BRF seja fechada definitivamente é real. No último domingo (2), o Jornal Opção noticiou com exclusividade a informação de que tal medida é analisada pela direção da companhia alimentícia — que está interditada desde a deflagração da Operação Carne Fraca.

“Hoje a possibilidade de que a BRF de Mineiros seja fechada definitivamente é grande, o que traria um prejuízo enorme para Goiás, para o setor produtivo e principalmente para a região Sudoeste do estado”, disse o parlamentar na tarde da última quarta-feira (5/4).

Segundo ele, a unidade de Mineiros emprega cerca de 11 mil pessoas direta e indiretamente. Com o fechamento definitivo, o desenvolvimento econômico de toda a região seria “enormemente prejudicado”.

“Não podemos correr o risco de que a BRF de Mineiros feche as portas. O governador Marconi Perillo, pensando nisso, já se antecipou e foi até o presidente da República para tentar estancar a crise”, concluiu.

Em resposta ao Jornal Opção, na última segunda (3), a companhia alimentícia negou o fechamento da unidade e disse que a interdição foi feita de forma preventiva e temporária pelo Ministério da Agricultura. Por meio de nota, a BRF ressaltou ainda que a interdição será mantida até que a empresa consiga atestar a segurança e a qualidade dos produtos produzidos.