Delegado Waldir: “Só queria ser reconhecido e valorizado no PSDB”

De olho na disputa de 2016, deputado admite insatisfação e afirma que saída do partido dependerá de uma questão de “respeito”

O deputado federal Delegado Waldir (PSDB) admitiu, na manhã desta segunda-feira (6/7), que pode deixar o PSDB. Segundo ele, o “debate” sobre sua saída é uma questão de “respeito”. “Só queria ser reconhecido e valorizado dentro do partido”, lamentou ele.

Mais bem votado de 2014 na capital, o tucano acredita que seus mais de 170 mil votos o credencia como um forte candidato à Prefeitura de Goiânia. No entanto, o PSDB não estaria “enxergando” a capilaridade do delegado. “Nas pesquisas mais recentes que têm chegado até mim, eu apareço sempre em primeiro ou segundo lugar na preferência do povo”, justifica.

Waldir defende, ainda, que a ideia de que Goiânia precisa de “um gestor” não é o pensamento da população em geral. “Se você falar para o eleitor humilde da periferia, ele vai perguntar gestor é de comer ou de beber? Nós precisamos de pessoas que queiram administrar a capital,
que conheçam a cidade”, completou.

Sobre o perfil do candidato que o eleitorado goianiense esteja buscando, o deputado opina: “Precisa de um xerife. Um educador. Um arquiteto. Alguém que entenda de limpeza urbana. Mas, que ande com o povo e não fique em gabinetes, no ar-condicionado”.

 

3 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

CARLOS SOARES

ESSE SIM TEM CONTATO E CARÍSMA COM O POVO

CARLOS SOARES

ESSE SIM TEM CORAGEM DE ACABAR COM AS ROUBALHEIRAS DA PREFEITURA

André LDC

Esse, sim, fará de Goiânia uma cidade ainda mais folclórica.