Delegado Waldir pede convocação de Lula, Edinho e Mercadante

Deputado federal por Goiás fez requerimento oficial para que ex-presidente e ministros sejam ouvidos 

Delegado Waldir quer ouvir ex-presidente Lula, e ministros Edinho Silva (Comunicação) e Mercadante (Casa Civil) | Fotos: Renan Accioly / Roberto Stuckert / José Cruz / Antônio Cruz

Delegado Waldir quer ouvir ex-presidente Lula, e ministros Edinho Silva (Comunicação) e Mercadante (Casa Civil) | Fotos: Renan Accioly / Roberto Stuckert / José Cruz / Antônio Cruz

O deputado federal Delegado Waldir Soares (PSDB) pediu na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, a qual integra, a convocação, para depoimentos, do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), do atual Ministro-chefe da Casa Civil, Aloízio Mercadante, e do ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, Edinho Silva.

O deputado protocolou dois dos requerimentos na semana passada, no dia 10 de setembro — as convocações de Lula e Edinho. O documento que convoca Mercadante foi protocolado nesta segunda-feira, 14.

Segundo o tucano, Lula deve ser convocado para prestar esclarecimentos sobre os supostos desvios e a corrupção que envolveu a Petrobras no exercício de seus mandatos, bem como as acusações em delações que citam seu nome como líder da organização criminosa que atuou na estatal e que asseguram que ele também teria recebido recursos advindos de propinas para manutenção de campanha.

O requerimento cita fala na CPI da Petrobras do ex-deputado federal Pedro Corrêa (PP-PE), condenado no mensalão e preso pela Operação Lava Jato, afirmando que foi o ex-presidente Lula que colocou Paulo Roberto Costa, um dos pivôs do esquema de corrupção investigado, na Diretoria de Abastecimento. Ouvido em Curitiba por parlamentares da CPI, o ex-presidente do PP chegou a afirmar que “só não prenderam Lula porque ninguém tem coragem”.

O Delegado Waldir lembra que a Polícia Federal já indicou a necessidade de que a Operação Lava Jato colha o depoimento do ex-presidente Lula. “Semana dura para o Lula, a turma das algemas está atrás dele… Não é apenas o delegado da PF que quer ouvir o Lula, o delegado da CPI também quer”, alfinetou Waldir, se referindo ao pedido feito pelo delegado Josélio Sousa ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que Lula seja ouvido no inquérito.

Ministros

Para Delegado Waldir, o ministro Edinho Silva tem que esclarecer as acusações feitas pelo delator Ricardo Pessoa, da UTC Engenharia, apontado pelas investigações como um dos líderes do cartel que teria sido formado pelas empreiteiras acusadas de participar do esquema de corrupção na Petrobras.

Pessoa indicou “possível envolvimento do ministro-chefe quando era tesoureiro da campanha da Presidente Dilma, na corrupção da Petrobras”, de acordo com o requerimento apresentado.

“As delações premiadas da Operação Lava Jato apontam o direcionamento de dinheiro de propina para as campanhas do PT, e Edinho foi o arrecadador deste dinheiro, como tesoureiro da campanha”,  lembra ainda o deputado goiano e completa: “Também há indícios de dinheiro sujo para Mercadante”.

O ministro Aloízio Mercadante foi também citado pelo empresário Ricardo Pessoa como beneficiário de doações pagas pela empresa UTC a sua campanha pelo governo de São Paulo, em 2010.

Investigam-se indícios de que o dinheiro seria fruto do suposto esquema de corrupção implantado na estatal, usado para garantir e manter as vantagens.

“Por ser uma autoridade que hoje detém de um cargo de grande importância para o país, nada mais justo que trazermos à esta CPI a sua versão para que todos possam saber o que o ministro tem a dizer sobre a situação que envolve seu nome como beneficiário de propina”, arremata o deputado por Goiás.

Uma resposta para “Delegado Waldir pede convocação de Lula, Edinho e Mercadante”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    O deputado-delegado, com inveja do deputado-palhaço Tiririca, se dirigiu à Fernando Pessoa na CPI da Petrobrás e perguntou:

    —O senhor conhece alguém que tenha quebrado o país, levado o país à terracota?

    Terracota. Presume-se que ele queria ter dito “bancarrota”. Deputado-delegado, sugiro que não use palavras difíceis e deixe o humor para os profissionais.

    Até quando deputados tucanos continuarão envergonhando os goianos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.