Delegacia do Idoso realiza “Dia de Rainha” em abrigo de Goiânia

Ação teve por objetivo levar carinho e alegria às mães da terceira idade atendidas em unidade mantida pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG)

Foto: Wildes Barbosa

Voluntários e profissionais da Polícia Civil tiraram uma manhã para promover atividades e presentear idosos do Abrigo Sagrada Família | Foto: Wildes Barbosa

Flores, música e uma porção de mimos transformaram a manhã desta segunda-feira (9/5) em uma grande festa para os mais de 70 idosos do Abrigo Sagrada Família, no Jardim Bela Vista. Policiais civis da Delegacia do Idoso de Goiânia realizaram o “Dia da Rainha” para homenagear as mães da terceira idade, com espetáculo musical, distribuição de flores e kits de hidratantes e produtos de higiene pessoal e atendimento especial de maquiagem e cabeleireiro.

A alegria tomou conta de mães, pais e demais idosos que caíram na dança e não economizaram sorrisos. Para a titular da Delegacia do Idoso, Ana Lívia Batista Paiva, o resultado não poderia ser melhor: ver que cada idoso e idosa do Abrigo Sagrada Família estava feliz com as flores e os kits, mas, sobretudo, com a presença dos policiais que foram levar o carinho e o reconhecimento a todos eles.

“Desde março, temos atendido a muitos casos de abandono, maus tratos e exploração financeira, acompanhando tantas histórias tristes… E, por isso, decidimos contribuir para elevar a autoestima deles”, explicou a delegada, que pretende fazer desta uma ação contínua da Delegacia do Idoso.

Para o “Dia da Rainha” no Abrigo Sagrada Família, a delegacia realizou antes uma campanha para arrecadação de produtos de higiene e cremes hidratantes, chocolates, flores e outros itens. Além disso, contou com a participação voluntária do grupo musical Asas de Aquarela, que reúne as irmãs Amábile e Amanda nos vocais e Tim no violão; e de uma equipe de 15 voluntários do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac-GO) que se prontificou a atender gratuitamente as idosas e os idosos com maquiagem e cortes de cabelo e penteados. A Delegacia contratou também carrocinhas de pipoca e de algodão doce.

A delegada Ana Lívia levou integrantes de sua equipe de policiais para o evento: as escrivãs Crhystiane e Dany, e os agentes Fernando, Jocinei, Aliny, Ane e Cris, que dançaram com as mais animadas idosas, distribuíram kits e flores e espalharam a alegria entre eles. “É uma satisfação fazer aqui o ‘Dia da Rainha’ às mães da melhor idade, pois elas são um presente para todos nós”, afirmou.

A gerente do abrigo, Raquel Fonseca, agradeceu a Delegacia do Idoso pela iniciativa, em nome da OVG, destacando que aquela casa retratava bem a figura da mãe, por ser uma casa de amor, de afeto, de carinho.

O abrigo atende hoje 65 idosos no regime interno e outros 11 ao longo do dia. Entre os que moram na casa está Maria Fagundes de Araújo, de 89 anos, que chegou em setembro. Natural de Santana dos Brejos (BA), Maria morava com um sobrinho no setor Aeroporto, na Capital, antes de ir para o abrigo. “Ah, aqui é muito bom, gosto demais”, disse. Nesse “Dia da Rainha”, Maria comia uma pipoca sossegada, numa área contígua ao salão principal. “Tá muito animado, eu gosto da diversão”, afirmou, se dizendo encabulada ao dar entrevista.

Já Maria Inácia Costa, de 78 anos, só vai ao Abrigo Sagrada Família durante o dia. Chega pela manhã e fica até às 18h. Ela nasceu em Nerópolis e se casou muito jovem. Teve um casal de filhos e criou outros seis. “Cada um tem sua casa e eu tenho a minha que está sendo reformada, mas prefiro ficar aqui durante o dia, aqui tem muita gente”, disse.

Criada em março deste ano, a Delegacia do Idoso de Goiânia atende principalmente crimes de maus tratos e exploração financeira de idosos pelos próprios familiares que usam o dinheiro de aposentadorias para outras finalidades que não a de cuidar do idoso. “Há também maus tratos psicológicos, omissão e agressões físicas”, declarou Ana Lívia, destacando que desde a abertura da delegacia mais de 100 casos foram apurados por sua equipe.

De acordo com a delegada titular, a unidade vem recebendo grande apoio da Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária e também da direção da Polícia Civil. As denúncias também têm aumentado tanto pelo perfil Delegacia do Idoso no Facebook quanto no Disque Denúncia, cujo número é (62) 3201-1501.

Segundo ela, a presença dos policiais nas casas que abrigam idosos na capital será uma constante. “Queremos levar um pouco de humanidade a essas pessoas que muitas vezes sofrem com o abandono daqueles que tanto amaram”, acentuou.

Para José Eliton, Delegacia do Idoso representa Justiça Social

Para o vice-governador e secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária (SSPAP), José Eliton (PSDB) o trabalho da Delegacia Especializada no Atendimento ao Idoso, em Goiânia, é sinônimo de “gesto de atenção, cuidado e justiça social do Governo de Goiás com essas pessoas que tanto nos ensinam diariamente”.

Segundo o vice-governador e titular da SSPAP, a Delegacia do Idoso é um mecanismo muito importante para garantir que os idosos não tenham seus direitos violados. A Especializada funciona integrada à Rede de Atendimento à Pessoa Idosa da Secretaria de Cidadã. É a primeira do gênero em Goiânia e a segunda no Estado, e conta com equipes de investigação, assistência social, triagem de casos, central de denúncias e um núcleo de atendimento familiar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.