Defesa de Lula entra com primeiro recurso contra condenação na Lava Jato

Ex-presidente foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro 

Foto: Ricardo Stuckert

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apresentou na noite da última sexta-feira (14/7) o primeiro recurso contra a sentença do juiz Sérgio Moro, que condenou o petista a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.  A informação é do portal UOL.

O recurso dirigido a Moro foi protocolado com objetivo de “esclarecer omissões e contradições presentes na sentença”. Este recurso apresentado chama-se embargos de declaração e é usado como instrumento por advogados justamente para solicitar ao juiz revisão de algum ponto da sentença.

No documento, os advogados questionam 10 pontos da sentença, como desqualificação de declarações de testemunhas de defesa e contradição ao defender imparcialidade, desrespeitando diversas vezes o ex-presidente e a defesa dele.

Condenação

O ex-presidente foi condenado em processo que investigou se o apartamento triplex no Guarujá, litoral de São Paulo, era propina paga pela OAS a Lula por contratos firmados pela empresa na Petrobras. Lula nega as acusações.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.