Daniel Vilela fará parte da Comissão do Impeachment

Deputado goiano é um dos seis indicados pelo líder do PMDB na Câmara, Leonardo Picciani (RJ)

Leonardo Picciani e o goiano Daniel Vilela, na Câmara | Fotos: reprodução / Facebook

Leonardo Picciani e o goiano Daniel Vilela, na Câmara | Fotos: reprodução / Facebook

O deputado federal goiano Daniel Vilela foi um dos seis indicados do PMDB para compor a Comissão do Impeachment, que avaliará o processo contra a presidente Dilma Rousseff (PT). O anúncio foi feito na noite da última segunda-feira (7/12) pelo líder do partido na Câmara, o carioca Leonardo Picciani.

Ao lado de seu pai, prefeito de Aparecida de Goiânia, o ex-governador Maguito Vilela, Daniel é uma das principais vozes defensoras da aliança com o PT em Goiás. Em entrevistas ao Jornal Opção, ele já classificou o processo de impeachment como “golpe” e quer que Dilma termine o mandato.

De fato, a comissão escolhida por Picciani — inimigo velado do presidente da Câmara, Eduardo Cunha — tem tom “governista”. Além de Daniel, o carioca indicou a si próprio, Celso Maldaner (SC), Hildo Rocha (MA), João Arruda (PR), José Priante (PA), Rodrigo Pacheco (MG) e Washington Reis (RJ).

Leonardo Picciani tem interesse em suceder Cunha na presidência da Câmara e, para tanto, se aproximou do governo federal, tendo, inclusive, indicado ministros para a última reforma.

A bancada do PMDB tem 66 deputados.

Uma resposta para “Daniel Vilela fará parte da Comissão do Impeachment”

  1. Avatar Doriedson Aiala disse:

    Em 2018 teremos eleições de novo, saberemos em quem votar, estamos de olho em quem fica contra o povo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.