Daniel Vilela diz que Jucá fez “bem para o governo” ao se afastar de ministério

Presidente do PMDB de Goiás avaliou positivamente decisão do senador, flagrado em áudio defendendo “pacto” para barrar Lava Jato

Daniel Vilela26

Deputado em entrevista ao Jornal Opção, em 2015 | Foto: Renan Accioly

O presidente do PMDB de Goiás, deputado federal Daniel Vilela, avaliou positivamente a decisão do então ministro do Planejamento, senador Romero Jucá (PMDB-RR), de se afastar do governo até que haja uma sinalização da Justiça sobre a gravação divulgada pela Folha de S. Paulo nesta segunda-feira (23/5).

No áudio gravado em março deste ano, Jucá aparece conversando com o ex-presidente da Transpetro, o ex-senador Sérgio Machado, quando sugere que seja feito um “pacto” para barrar as investigações da Lava Jato. Ele afirma ainda que é preciso mudar o governo federal para “estancar a sangria” da operação.

“Acredito que o ministro Romero Jucá fez um bem para o governo tomando a decisão de se afastar de suas funções no Executivo até que tudo seja esclarecido”, escreveu o peemedebista goiano. Para ele, o governo Temer não pode estar contaminado com suspeições, justamente porque os escândalos de corrupção tiveram “peso decisivo” para o afastamento da presidente Dilma Rousseff (PT).

Daniel alerta, ainda, o presidente interino: “Não pode ficar sujeito a ter que desviar o foco da administração em um momento de crise como o que vivemos.”

Veja na íntegra a nota:

“Acredito que o ministro Romero Jucá fez um bem para o governo tomando a decisão de se afastar de suas funções no Executivo até que tudo seja esclarecido. O momento atual do País não permite que o Palácio do Planalto seja contaminado por suspeições desta natureza. Acabamos de passar por uma ruptura traumática, que foi o afastamento da presidente Dilma Rousseff, no qual os escândalos de corrupção tiveram um peso decisivo, e o presidente Michel Temer não pode ficar sujeito a ter que desviar seu foco da administração e da política econômica num momento de crise como o que vivemos.”

Presidente do PMDB de Goiás, Daniel Vilela

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.