Daniel Messac pede licença da presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Redação

Com isso, o vice-presidente Humberto Aidar (PT) assume automaticamente a presidência da CCJ

Foto: Assembleia Legislativa de Goiás

Foto: Assembleia Legislativa de Goiás

O deputado Daniel Messac (PSDB) apresentou ao Plenário, nesta quarta-feira (7/5), ofício em que comunica o seu afastamento da presidência da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), por 60 dias. Segundo a assessoria de imprensa do deputado, ele alegou razões de foro íntimo para o pedido de licença.

Com isso, o vice-presidente Humberto Aidar (PT) assume automaticamente a presidência da CCJ, em obediência ao Regimento Interno da Casa.

“Uma vez que o presidente pediu o afastamento, este se dá de maneira automática”, disse o petista, explicando que já estará à frente da CCJ na reunião desta quinta-feira (8) que terá lugar no Auditório Solon Amaral, em horário regimental.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.