Cunha confirma votação do impeachment para as 14 horas deste domingo (17/4)

Folha de S. Paulo divulga que o presidente da Câmara bateu o martelo sobre o horário e dia da decisão no plenário 

Deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

Deputado federal Eduardo Cunha (PMDB-RJ)

O presidente da Câmara Federal, deputado federal Eduardo Cunha (PMDB), confirmou para as 14 horas deste domingo (17/4) a votação do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT) no plenário da Casa.

Segundo o jornal Folha de S.Paulo, Cunha também revelou que dividirá a votação por regiões brasileiras. Começando pelo Sul, Sudeste, Centro-Oeste — que possuem maioria favorável ao impedimento — e deixara por último o Nordeste — onde haveria menos adesão à tese.

A leitura do relatório apresentado pelo goiano Jovair Arantes (PTB) — que indicou e foi aprovada na comissão a admissibilidade — será nesta terça-feira (12). A discussão sobre a votação do parecer favorável começa nesta sexta-feira (15) às 8h55. Acusação e defesa terão 25 minutos cada para apresentar seus argumentos.

No entanto, como os líderes partidários terão tempo para discursar sobre o tema, a discussão deve durar até a madrugada. Já no sábado, a sessão está marcada para as 9 horas. Os deputados que se inscreverem para falar terão 3 minutos cada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.