Parlamentar também foi afastado da comissão que debate reforma tributária na Câmara dos Deputados, em Brasília

Foto: Reprodução

O deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP) tem gerado desconforto em diversos membros da cúpula do PSL pelas críticas constantes ao presidente da República, Jair Bolsonaro.

Mas a sigla, segundo o jornal Folha de S. Paulo, resolveu reagir e como forma de “retaliação” afastou o federal da vice-liderança do partido, bem como da comissão de debate a reforma tributária na Câmara.

O federal disse à coluna Painel do jornal paulista que não irá recorrer à decisão e que caberá ao Conselho de Ética analisar os pedidos de expulsão — feitos pelo senador Major Olímpio e pela deputada Carla Zambelli.