Criador dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas morre de Covid aos 66 anos

Carlos Terena estava internado no Hospital das Clínicas da Ceilândia, em Brasília, desde o dia 24 de Maio

Carlos Terena, o criador, coordenador e idealizador dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, morreu nesse sábado (12) em decorrência de complicações da Covid-19. Ele tinha 66 anos e estava internado no Hospital das Clínicas da Ceilândia, em Brasília, desde o dia 24 de Maio. Ele está sendo velado no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul, ao meio-dia.

Da etnia Terena, Carlos nasceu no distrito de Taunay, em Aquidauana (MS). Ainda muito jovem partiu para Brasília em busca de novas oportunidades e para seguir com seu ativismo na causa indígena.

Na página oficial dos Jogos Mundiais dos Povos Indígenas, foi publicada uma nota na qual afirma que Carlos Terena será sempre lembrado por sua “coragem, intrepidez, inteligência e sabedoria ancestral”.

Diz ainda que ele foi um líder, realizador, homem visionário, apaixonado por suas raízes, tradições e cultura. “Nos deixa um legado de paixão pelo trabalho com os povos indígenas, de sempre acreditar nos nossos sonhos e uma forte inspiração: para sempre ter orgulho das nossas origens e de quem somo!”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.