Criado por Kajuru, manifesto pelo veto integral ao projeto do abuso de autoridade reúne 36 senadores

Neste caso, o veto seria então avaliado, primeiramente, pelos senadores, uma vez que o projeto nasceu no Senado

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Idealizado pelo senador Jorge Kajuru, o manifesto dos senadores pedindo o veto integral do presidente da República ao projeto de lei sobre abuso de autoridade (PLS 85/2017) reuniu 36 assinaturas. O documento direcionado ao ministro da Justiça, Sergio Moro, tinha alcançado 33 assinaturas até esta quinta-feira, 22. No entanto, Kajuru afirmou ao Jornal Opção que mais três senadores registraram apoio ao manifesto nesta sexta-feira, 23. 

De acordo com os parlamentares, a lei poderá impor sérios riscos a diversas investigações, principalmente àquelas relacionadas ao combate à corrupção. A ideia é mostrar ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) que ele pode vetar integralmente a proposta. Neste caso, o veto seria então avaliado, primeiramente, pelos senadores, uma vez que o projeto nasceu no Senado.

O senador Luiz Carlos do Carmo (MDB) não se posicionou favorável ou contra o veto, mas faz uma série de ponderações ao projeto de lei, em especial aos itens que podem interferir em investigações, a exemplo da Lava-Jato. Ele aguarda a tramitação da proposta para, no momento oportuno, fazer uma avaliação minuciosa de cada item do PLS 85/2017.

Procurado pela reportagem, o senador Vanderlan Cardoso (PP) ainda não se manifestou sobre o tema.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.