Crea prepara laudo técnico sobre obra do “Saúde Premium”, parada há sete anos

Conselho já realizou vistoria solicitada pela Prefeitura de Goiânia, que constatou irregularidades estruturais e fiscais

Mato toma obra parada | Foto: Francisco Costa/Jornal Opção

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea) confirmou nesta terça-feira, 26, já ter realizado novas vistorias na obra do prédio Saúde Premium. A análise estrutural foi solicitada pela Prefeitura de Goiânia, que no fim de setembro constatou, também por meio de vistoria , irregularidades estruturais e fiscal. Após a inspeção, o conselho trabalha na finalização do laudo técnico. Entretanto, as constatações sobre a obra só serão divulgadas após a conclusão do documento, que será entregue diretamente à prefeitura.

As investigações sobre as irregularidades do empreendimento começaram quando, no inicio de setembro, quando após solicitação do Ministério Público de Goiás (MP-GO), a Secretaria de Planejamento Urbano e Habitação (Seplanh) constatou irregularidades como calçamento e falta de licença municipal. A obra iniciada em 2012 conta apenas com a parte de fundações iniciada, parada há cerca de sete anos.

Antes da solicitação da Prefeitura ao Crea, o conselho afirmava que toda a documentação do empreendimento junto ao órgão estava em dia. Além disso, fiscalizações à época do andamento da obra davam conta de normalidade estrutural.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.