Covid-19: Prefeitura de Caldas Novas é acusada de vacinar servidor fora dos grupos prioritários

Em nota, a prefeitura declarou que o servidor municipal que foi imunizado está enquadrado nos critérios especificados pela Saúde do Estado

Foto: Reprodução

A Prefeitura de Caldas Novas é alvo da acusação de moradores de aplicar a vacina contra a covid-19 em indivíduos fora dos grupos prioritários para a imunização contra a covid-19. Conforme relatado ao Jornal Opção, um servidor municipal teria sido vacinado sem estar dentro dos critérios específicos.

O agente público é fisioterapeuta por formação mas é concursado da área administrativa da prefeitura, o que o excluiria automaticamente dos grupos prioritários – idosos em instituições de longa permanência e profissionais de saúde que atuam na linha de frente da covid-19.

No entanto, conforme esclarecido pelo próprio servidor e pela prefeitura, a gestão municipal iniciou a vacinação dos demais profissionais de saúde após concluir a imunização dos que estão na linha de frente do combate ao coronavírus – iniciativa embasada, segundo a prefeitura, no comunicado Nº 1/2021 – GI- 03815, expedido pela Secretaria de Estado da Saúde.

Uma vez que o servidor exerce a função de fisioterapeuta de forma autônoma, portanto, estaria qualificado para receber a vacina “por prestar serviço de assistência a saúde”.

Veja a nota da Prefeitura de Caldas Novas

A Vigilância Epidemiológica de Caldas Novas informa que já foram aplicadas 1450 doses das vacinas contra a Covid-19. A cidade recebeu 1000 doses da Coronavac e 720 doses da AstraZeneca. Estão em estoque
270 doses.

Foram vacinados todos os profissionais de Saúde da linha de frente do vírus da rede municipal. Agora, estão sendo vacinados todos os trabalhadores da Saúde que atuam em espaços e estabelecimentos de assistência e vigilância em saúde, como, biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, fonoaudiólogos, médicos, nutricionistas, odontólogos, psicólogos, terapeutas ocupacionais, profissionais de nível técnico, auxiliar e de apoio que atuam em clínicas médicas, odontológicas e de assistência farmacêutica no município de Caldas Novas.

A vigilância esclarece que o servidor da Prefeitura de Caldas Novas, Bruno Paulo Rocha da Fonseca, lotado na Secretaria de Fazenda e Gestão Pública, como agente administrativo, recebeu uma dose da vacina contra a Covid-19 por ser e atuar como fisioterapeuta na cidade. O fisioterapeuta é registrado sob o número: 182125-F no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional da 11ª Região.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.