Covid-19: planos de saúde manterão atendimento de inadimplentes

De acordo com a ANS, serviço não pode ser interrompido até 30 de junho de 2020, período de vigência do termo de compromisso com as empresas 

Foto: reprodução / Agência Brasil

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informou, nesta quinta-feira, 9, que as operadoras de planos de saúde devem manter a assistência médica aos beneficiários inadimplentes dos contratos individuais, familiares, coletivos por adesão e coletivos com menos de 30 pessoas durante a pandemia do novo coronavírus.

De acordo com a agência, o atendimento não pode ser interrompido até 30 de junho de 2020, período de vigência do termo de compromisso que deverá ser assinado pelas empresas com a agência.

A medida foi tomada em contrapartida à liberação de R$ 15 bilhões de um fundo de reserva do setor para garantir a continuidade dos serviços médicos diante da falta de pagamento das mensalidades. (da Agência Brasil)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.