Covid-19: Brasil tem taxa maior do que EUA de vacinados completos

No dia 14 de novembro, 59,8% dos brasileiros já estavam com o esquema vacinal completo enquanto que nos Estados Unidos esse número era de 57,6%

A enfermeira, Mônica Calazans, foi a primeira pessoa a ser vacinada contra o Covid-19 no Brasil

O portal Our World in Data, vinculado à Universidade de Oxford, na Inglaterra, divulgou que no último levantamento de percentual de vacinação que eles fizeram, no dia 14 de novembro, o Brasil apresentou uma maior taxa de pessoas que completaram a imunização contra o Covid-19 do que os Estados Unidos.

Os dados mostraram que 59,8% dos brasileiros já estavam com o esquema vacinal completo enquanto que nos Estados Unidos esse número é de 57,6%. Segundo o mesmo levantamento, o Brasil se une a outros 55 países que também superaram o EUA no quesito de imunização contra o Covid-19.

“Só não avançamos mais devido a alguns fatores como a dificuldade em termos vacinas e não termos começado mais precocemente a vacinação. A nossa projeção, enquanto infectologistas e sanitaristas, é que o Brasil poderia ter alcançado os 80% de população vacinada já no primeiro semestre”, disse a infectologista da Unicamp e consultora da Sociedade Brasileira de Infectologia, Raquel Stucchi, ao Folha de S. Paulo.

Na plataforma, mostra que o Chile ultrapassou os Estados Unidos no início de junho, enquanto que a Austrália no dia 18 de outubro. No dia 2 de agosto, a União Europeia já havia alcançado 49,9% de vacinados contra 49,8% dos norte-americanos e aumentou em até 66,2% em 13 de novembro.

Os Estados Unidos autorizaram a vacinação contra Covid-19 no dia 14 de dezembro de 2020. Contudo, de lá para cá, o país tem enfrentado uma onda de negacionismo muito grande por parte da população. Muitos cidadãos estadunidenses não acreditam que a vacina possa-lhe fazer bem e, por isso, se recusam a se vacinarem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.