Corpo do escritor João Ubaldo Ribeiro é enterrado no Mausoléu dos Imortais da Academia Brasileira de Letras

Emília Ribeiro, filha do escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, recebe abraço do tio Manuel Ribeiro durante velório  / Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

Emília Ribeiro, filha do escritor baiano João Ubaldo Ribeiro, recebe abraço do tio Manuel Ribeiro durante velório / Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

O corpo do escritor João Ubaldo Ribeiro foi enterrado neste sábado (19/7) no Mausoléu dos Imortais da Academia Brasileira de Letras (ABL), no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro. O romancista morreu na última sexta-feira (18), aos 73 anos, de embolia pulmonar. João era membro da ABL e o corpo foi sepultado sobre uma camiseta de Itaparica, a cidade da Bahia onde o escritor nasceu em 23 de janeiro de 1941.

Antes de sepultado, o corpo de João Ubaldo foi velado no Salão dos Poetas Românticos. A missa foi celebrada pelo monsenhor Sérgio Couto, capelão do Outeiro da Glória. A cerimônia foi marcada para este sábado para que houvesse tempo de Manuela, a filha do escritor, chegasse da Alemanha a tempo.

João ocupava a cadeira na ABL desde 1994. Jornalista e cientista político, foi autor de mais de 20 livros, publicados em 16 países. Em 2008, o autor recebeu o Prêmio Camões, que é concedido pelos governos de Portugal e do Brasil para autores que contribuem para o enriquecimento da língua portuguesa. João Ubaldo também venceu, por duas vezes, o Prêmio Jabuti, tendo conquistado, em 1972, o Jabuti de Melhor Autor, por sua obra “Sargento Getúlio”.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.