Coordenador do curso de Produção Cênica do Basileu França representa Goiás no MicBR

Juliano Silvestre foi selecionado para o Mercado das Indústrias Criativas do Brasil, evento em São Paulo que vai reunir todos os países da América do Sul que trabalham com a cultura e as artes

Foto: Divulgação

O Coordenador do Curso Superior de Tecnologia em Produção Cênica do Itego em Artes Basileu França, Juliano Silvestre, foi o único empreendedor artístico goiano selecionado pelo Ministério da Cultura (MinC) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para representar a instituição e o Estado de Goiás, na primeira edição do Mercado das Indústrias Criativas do Brasil (MicBR), que acontece de 6 a 9 de novembro, em São Paulo. O evento vai reunir todos os países da América do Sul que trabalham com a cultura e as artes.

O objetivo do MicBR é impulsionar a internacionalização da produção cultural brasileira e o intercâmbio entre os países, em especial da América do Sul. O MicBR reunirá dez setores: artes cênicas (circo, dança e teatro), audiovisual, animação e jogos eletrônicos, design, música, museus e patrimônio, artes visuais, moda, editorial e gastronomia.

Juliano Silvestre explica que a participação no evento será uma oportunidade única para apresentar os portfólios e expor os produtos de todas as áreas artísticas do Basileu França. “Haverá uma extensa programação voltada para o mercado cultural com o objetivo de incentivar os participantes a comprar e vender produtos e serviços culturais de toda a América Latina. Será o momento de apresentar o Basileu França para esses empreendedores culturais do mercado externo, mostrando a força da nossa instituição na região Centro Oeste, além de expandir nossa rede de contatos. Ainda teremos um espaço para rodadas de negócios, com exposição e vendas dos nossos produtos artísticos. Estamos muito animados e felizes com o desafio de apresentar a nossa escola para o mundo”, destaca.

Segundo ele, o Itego em Artes Basileu França inscreveu um projeto apresentando todas as modalidades artísticas oferecidas na instituição e ficou entre os 100 empreendedores culturais selecionados para representar o estado de Goiás neste evento internacional, sendo a única instituição selecionada da região Centro Oeste.

Durante os quatro dias do evento (6 a 9/11), os empreendedores convidados serão preparados para atuar em mercados internacionais, através da participação em seminários, oficinas, mentorias, sessões de pitching e rodadas de negócios, além de trocar experiências e terem acesso às sessões de networking.

Dessa forma, os participantes estarão envolvidos em sessões de encontros temáticos e speed meetings em que terão a oportunidade de conversar, apresentar projetos e trocar experiências com outros empreendedores da América do Sul e de outros lugares do mundo, muitos deles compradores de empresas, empreendimentos ou festivais.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.