Convocar Iris para depor não faz sentido, avalia Paulo Garcia

Lista de depoentes inclui ex-prefeito de Goiânia e ex-secretários da extinta Seplam. Suspeita é que licenciamentos teriam sido emitidos em desacordo com o Plano Diretor 

Paulo Garcia (à direita) considera convocação de Iris Rezende um "exagero" | Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

Paulo Garcia (à direita) considera convocação de Iris Rezende um “exagero” | Fotos: Fernando Leite/Jornal Opção

A convocação do ex-prefeito de Goiânia Iris Rezende (PMDB) para depor na Comissão Especial de Inquérito (CEI) das Pastinhas na Câmara de Vereadores de Goiânia, a ser feita em agosto, é avaliada como “exagero” pelo prefeito Paulo Garcia (PT).

“Não conheço os detalhes da convocação, mas penso que há um exagero, é descabida. O ex-prefeito tem da minha parte total admiração. Tenho certeza que é um homem correto, probo e que trata o que é público com todos os critérios do republicanismo. Por isso, não vejo o maior sentido na convocação de Iris Rezende”, comentou o petista, em entrevista ao Jornal Opção Online na última quinta-feira (10/7). Paulo Garcia é aliado do ex-governador e foi eleito vice do peemedebista em 2008.

No último dia 6, a primeira reunião da CEI das Pastinhas definiu que Iris Rezende e outros quatro ex-secretários de Planejamento do município serão convocados para prestar esclarecimentos. Entre os  ex-secretários está o deputado estadual Francisco Jr. (PSD), ex-vereador e mestre em Planejamento e Desenvolvimento Territorial, que ficou na pasta entre 2007 e 2011.

A comissão presidida por Elias Vaz (PSB) tem a relatoria de Geovani Antônio (PSDB) e investiga a concessão de alvarás e licenciamentos em desacordo com o Plano Diretor de Goiânia.

Liberdade

Também tucano, o presidente da Casa, Anselmo Pereira, afirmou que os integrantes do colegiado têm “toda a liberdade” para agirem como quiserem. “Eu sou um democrata, embora um democrata duro e correto, que entende do regimento interno. Não interferi na escolha dos integrantes da comissão. Cabe a eles decidir quem deve ou não ser convocado”, afirmou, em entrevista ao Jornal Opção Online.

Leia mais:
CEI da Saneago será instalada apenas em agosto
Se construídas, torres podem superar população de 80 cidades goianas
Euroamérica entra com mandado de segurança contra a Câmara de Goiânia
Secretário diz que há denúncias “com procedência” na antiga Seplam
Paulo Garcia defende construção do EuroPark

Deixe um comentário