Helio de Sousa diz que eleição deste ano foi a mais difícil, mas não se arrepende de ter feito campanha solo

O ex-prefeito de Goianésia disse que coligação entre democratas e peemedebistas o afetou nas eleições. Por isso, preferiu pedir votos sozinho

Helio

Deputado disse que aliança DEM-PMDB o prejudicou. “Mas fiquei feliz com o resultado”, disse ele | Foto: Assembleia Legislativa

Após o término do período eleitoral, alguns fatos interessantes surgem na política goiana. O deputado reeleito Helio de Sousa, do DEM, comentou sobre as dificuldades enfrentadas por ter optado fazer uma campanha solo. Afinal, o principal nome de seu partido no Estado, o deputado federal Ronaldo Caiado, foi eleito ao Senado pela coligação com o PMDB de Iris Rezende, derrotado na corrida ao Palácio das Esmeraldas.

“Devo ao partido sete eleições, contando com as de prefeito de Goianésia. A cada eleição a gente vai vivendo realidades diferentes. Essa foi a campanha mais diferente e complicada, pois a maior parte da base dos meus eleitores é vinculada ao governador Marconi Perillo [PSDB]. A coligação ficou muito complexa e foi um reviravolta”, avaliou ele, durante entrevista ao Jornal Opção Online nesta sexta-feira (7/11).

Em seu quinto mandato como deputado, o médico afirmou que seu partido foi prejudicado pelo acordo com o PMDB. “Fui voto vencido e respeitei a decisão. Eticamente, optei por fazer uma campanha difícil, que só por um milagre poderia sobreviver, sem ter tempo de televisão. Assim, não teve constrangimento em nenhum dos lados”, pontuou.

O ex-prefeito relatou ainda que ficou feliz com o resultado das eleições e que, a partir de agora, ele precisa fazer uma ampla reflexão sobre a situação da sigla. “Em momento algum me sinto no direito de criticar uma estrutura que defendi com muita coragem durante sete disputas. E as decisões que tiver de tomar, serão internas, e o partido terá conhecimento. As lideranças sabem que tenho posições definidas e não vou mudar”, justificou. Nestas eleições, Helio de Sousa recebeu 31.137 votos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.