Tomam posse, nesta quarta-feira, 1, às 14 horas, os 41 deputados eleitos para a Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). Os políticos foram eleitos no dia 2 de outubro de 2022 e ficam no cargo até 31 de janeiro de 2027.

Na ocasião, acontece a eleição da Mesa Diretora, que comandará a Assembleia Legislativa no próximo biênio. Coincidentemente, a sessão será coordenada pelo deputado mais votado que, no caso, é o deputado Bruno Peixoto (UB) – favoritíssimo para assumir o comando da Casa pelos próximos dois anos.

A votação para Mesa Diretora e presidência do parlamento só é iniciada quando houver, pelo menos, 21 deputados em Plenário, ou seja, mais da metade do total de parlamentares.  

A eleição pode ocorrer avulso ou por chapa, ao que tudo indica, Bruno será o único candidato à presidência. Nos bastidores, o líder conseguir aglutinar apoio dos 40 colegas para receber a “coroação”. Com isso, a “disputa” deve acontecer em chapa.

Deputados estaduais

Alessandro Moreira (PP)

Amauri Ribeiro (UB)

Amilton Filho (MDB)

Anderson Teodoro (Avante)

André do Premium (Avante)

Antônio Gomide (PT)

Bruno Peixoto (UB)

Coronel Adailton (PRTB)

Cairo Salim (PSD)

Charles Bento (MDB)

Clécio Alves (Republicanos)

Cristiano Galindo (Solidariedade)

Delegado Eduardo Prado (PL)

Fred Rodrigues (DC)

George Morais (PDT)

Gustavo Sebba (PSDB)

Henrique César (PSC)

Issy Quinan (MDB)

Jamil Calife (PP)

Dr. José Machado (PSDB)

Júlio Pina (PRTB)

Major Araújo (PL)

Karlos Cabral (PSB)

Lincoln Tejota (UB)

Lineu Olímpio (MDB)

Lucas do Vale (MDB)

Lucas Calil (MDB)

Bia de Lima (PT)

Mauro Rubem (PT)

Paulo Cezar Martins (PL)

Renato de Castro (UB)

Quirino (Republicanos)

Rosângela Rezende (Agir)

Gugu Nader (Agir)

Talles Barreto (UB)

Veter Martins (Patriota)

Virmondes Cruvinel (UB)

Vívian Naves (PP)

Wagner Neto (PRTB)

Wilde Cambão (PSD)

Zeli (PRTB)