Comitiva brasileira é obrigada a usar máscara em Israel

Chefiada pelo ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, comitiva deixou o Brasil sem máscara, entretanto foi obrigado a usar o EPI em Israel

Comitiva brasileira está em solo israelense para viabilizar testes do spray nasal contra a Covid-19 no Brasil| Foto: Divulgação/Itamaraty

Composta por 10 membros, a comitiva brasileira rumo a Israel embarcou na tarde do último sábado, 6, para Israel. Durante a viagem, os membros da comitiva não usaram a máscara. Entretanto, ao chegar em Israel, todos foram obrigados a utilizar o equipamento de proteção individual no desembarque. 

O objetivo da comitiva é viabilizar protocolos de cooperação científica e viabilizar os testes do spray nasal EXO-CD24. Ainda em fase de estudos, o spray foi testado em 30 pacientes israelenses. 

A previsão do retorno da comitiva para o Brasil é na próxima quarta-feira, 10. Antes do regresso haverá um encontro com representantes do Centro de Pesquisa em Tel Aviv e com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu. Israel é o país que mais vacina contra a Covid-19 no mundo. 

Durante o registro oficial do encontro de Ernesto Araújo em Israel, o chanceler brasileiro estava esquecendo de utilizar a máscara, entretanto foi chamada a sua atenção.

Confira o vídeo em que Ernesto Araújo é obrigado a utilizar a máscara

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.