Comissão de vereadores não efetiva visita à Comurg

Anselmo chegou a ir à sede da empresa municipal e conversou com alguns diretores. Foto: Alberto Maia/Câmara de Vereadores

Anselmo chegou a ir à sede da empresa municipal
e conversou com alguns diretores. Foto: Alberto Maia/Câmara de Vereadores

O vereador Anselmo Pereira (PSDB) lamentou em entrevista ao Jornal Opção Online que não teve sucesso na visita que pretendia fazer ao presidente interino da Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), Nelcivone Melo (PT). Dizendo que vereadores da oposição e da base queriam se reunir com o petista, o tucano relatou nesta quinta-feira (24/4) que não foi recebido pelo fato de Nelcivone ter passado um longo tempo reunido à tarde com o prefeito de Goiânia, Paulo Garcia (PT).

O tucano chegou a ir à sede da empresa municipal e conversou com alguns diretores. No entanto, o presidente não estava por lá. “Queremos dar nossa contribuição e ouvir os reclames. Como está a administração e onde se encontram os gargalos”, argumentou Anselmo. Ele antecipou que irá insistir para que haja o encontro até sexta-feira (25). Caso não ocorra, relatou que na semana que vem irá à Comurg mesmo que não seja recebido formalmente.

À reportagem, o tucano disse que tentou contatos por celular com Nelcivone, mas não foi atendido. A assessoria do presidente informou que o petista estaria em “reunião permanente” com o prefeito Paulo Garcia (PT). “Ele tem que abrir o espaço [para o diálogo], pois somos nós que representamos o povo”, contestou o vereador de oposição.

Anselmo argumentou ainda que se não houver conversa, será aprovado um requerimento pedindo a convocação de Nelcivone à Câmara. A convocação se difere do pedido feito por Elias Vaz na quarta-feira (23), quando foi requerido um convite para que Nelcivone comparecesse à Casa.

Nos corredores da Câmara comenta-se que em pouco tempo será definido um novo presidente, que seria um indicado do PMDB.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.