Comissão aprova prestação de contas de Iris para o dia 29

Presidente do colegiado, vereador Lucas Kitão diz que prefeito terá de dar explicações sobre precariedade de serviços básicos em Goiânia

Vereador Lucas Kitão| Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

A Comissão Mista da Câmara Municipal de Goiânia aprovou a convocação do prefeito Iris Rezende (PMDB) para prestação de contas sobre o primeiro quadrimestre de 2017. A reunião foi marcada para o dia 29 de maio, quando devem ser entregues os balancetes fiscais dos primeiros quatro meses.

Para o presidente do colegiado, vereador Lucas Kitão (PSL), há uma grande ansiedade para saber o que a atual administração tem feito para resolver os problemas básicos da capital. “Até agora, infelizmente, demandas básicas não estão sendo atendidas. A questão dos diabéticos, a merenda escolar, enfim, a saúde e educação devem dominar o debate porque são as maiores reclamações da população”, explicou.

Questionado se a “explicação” da gestão Iris de que foi deixado um “rombo” é suficiente para explicar os inúmeros problemas da capital, Kitão discorda: “Tenho muitas dúvidas de que é apenas isso. O início do ano é o período que a prefeitura mais arrecada e que tem dinheiro, tem. Pode não ser muito, mas é o suficiente para honrar com o básico”.

O vereador diz ainda que a Câmara tem dado contribuições para que o Paço possa arrecadar mais e de forma mais eficiente. “Sabemos que o que atrapalha a prefeitura é o fluxo de caixa, pois só há dinheiro em grande quantidade nos primeiros meses do ano, por isso deve haver planejamento. A crise financeira não pode ser justificativa para interrupção de serviços fundamentais”, arrematou.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.