Começa encontro entre Putin e Poroshenko sobre conflito na Ucrânia

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse, na madrugada desta  sexta-feira (17), que persistem sérias divergências entre Putin e a chanceler alemã, Angela Merkel

O encontro entre os presidentes Vladimir Putin, da Rússia, e Petro Poroshenko, da Ucrânia, em Milão, na Itália, começou agora de amanhã, em busca de aliviar a tensão no Leste da Ucrânia.

Os dois líderes foram recebidos pelo chefe do Governo italiano, Matteo Renzi, paralelamente ao Encontro de Cúpula Europa-Ásia, que começou na última quinta-feira (16) em Milão.

A chanceler alemã, Angela Merkel, o presidente francês, François Hollande, o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e os dirigentes da União Europeia, Herman Van Rompuy e Durão Barroso, também participam da cúpula, que visa a alcançar uma solução pacífica para o conflito.

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, disse, na madrugada desta  sexta-feira (17), que persistem sérias divergências entre Putin e a chanceler alemã, Angela Merkel, sobre a crise ucraniana.

“Ainda há sérias divergências relativas ao conflito interno na Ucrânia, bem como às causas do que está ocorrendo atualmente”, disse o porta-voz, após conversações entre os dois líderes.

O presidente russo encontrou-se com a chanceler alemã na noite dessa quinta-feira, em Milão, na Itália, durante a Cúpula Europa-Ásia.

“Durante o encontro, que durou duas horas e meia, Putin e Merkel analisaram a aplicação dos acordos assinados em Minsk”, em 5 de setembro, que permitiram um cessar-fogo – violado com regularidade – no Leste da Ucrânia entre separatistas pró-russos e forças leais a Kiev, informou Peskov.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.