Com indício de arquivamento, Iris deve retirar projeto de reforma da Previdência

Paço discute a possibilidade diante da possibilidade de o projeto não passar pela CCJ da Câmara 

Iris Rezende | Foto: Larissa Quixabeira

O prefeito Iris Rezende (MDB) pode retirar de pauta nas próximas horas o projeto de lei para reforma da previdência municipal. De acordo com informações de bastidores, o líder do Executivo teme o iminente arquivamento na Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), que já indica oposição da maioria sobre o texto apresentado.

Caso o projeto não passe na CCJ, o Paço Municipal poderá  apresentar um novo projeto apenas no próximo ano.

De acordo com a vereadora Sabrina Garcêz, presidente da comissão, a retirada está em discussão nesta terça-feira (22), e a definição deve ser apresentada até no máximo esta quarta (23).

O vereador Tiãozinho Porto (PROS), líder do prefeito na Câmara, porém, garante que é pouco provável que haja recuo por parte da prefeitura. Segundo ele, a discussão deve avançar nos próximos dias.

Audiência

Na última semana, servidores, sindicalistas e vereadores debateram, na Câmara Municipal de Goiânia, o projeto durante audiência pública. Os presentes aproveitaram o espaço para criticar a falta de diálogo com a prefeitura antes da entrega do projeto.

José Humberto Mariano, presidente do Sindicato dos Funcionários do Legislativo (Sindflego), sugeriu o arquivamento da proposta e propôs um debate amplo com a participação sindical para a criação de uma nova proposta.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.