Com funções renais comprometidas, gêmea siamesa separada passará por sessões de hemodiálise

Anny Gabrielly permanece internada na UTI Neonatal do Hospital Materno Infantil em estado gravíssimo e precisa urgentemente de sangue O positivo

Segundo boletim médico divulgado pelo Hospital Materno Infantil (HMI)  na tarde desta sexta-feira (9/1), o estado de saúde de Anny Gabrielly permanece gravíssimo. O hospital também informou que as funções renais da gêmea separada estão comprometidas e ela vai precisar passar por sessões de hemodiálise a partir desta sexta.

A recém-nascida passou por cirurgia de separação no dia 3 de janeiro e desde então está internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal do hospital e respira com ajuda de aparelhos. A outra gêmea, Anny Beattriz, faleceu às 5h45 da última quinta-feira (8/1), devido à falência múltipla de seus órgãos.

O HMI ainda reforçou que Anny Gabrielly precisa urgentemente de sangue tipo O positivo para seu tratamento. As doações podem ser feitas no Hemocentro de Goiás, que fica localizado atrás do HMI, na Av. Anhanguera, nº5195, no Setor Oeste. O horário de funcionamento do hospital é das 8 às 18 horas.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.