Com erros na impressão do relatório, reunião sobre projeto da Previdência é suspensa na Câmara

Com novo encontro marcado para esta quarta-feira (19), apreciação da matéria em plenário deve ficar para próxima semana

Comissão de Trabalho e Servidores Públicos nesta terça-feira (18) | Foto: Nathan Sampaio

A reunião marcada pelo presidente da Comissão de Trabalho e Servidores Públicos, Izídio Alves (PR), para discutir o projeto da Previdência na tarde desta terça-feira (18/9), na Câmara Municipal, foi suspensa e adiada devido a erros de impressão no relatório entregue pelo relator, vereador Carlin Café (PPS). O encontro foi remarcado para esta quarta-feira (19) às 15 horas.

De acordo com o vereador Eduardo Prado (PV), com a suspensão da reunião, a apreciação do projeto em plenário deve ficar para a próxima semana. “Vamos rediscutir as emendas e aguardar que, pelo menos, até terça-feira [25], a matéria seja apreciada em plenário”, completou o parlamentar.

Antes da reunião ser suspensa a reportagem falou com uma das representantes do Sindicato dos Servidores da Saúde de Goiás (Sindsaúde), Maria de Fátima Veloso. Ela disse que os servidores querem que o projeto seja arquivado.

“Já acionamos o Ministério Público sobre o projeto e a situação é grave. Enxergamos o projeto como um desrespeito e que não contempla aquilo o que desejamos”, declarou a servidora

Primeira votação

Na primeira votação Carlin Café votou favorável ao projeto. Dos integrantes da Comissão do Trabalho, também votaram a favor o presidente Izídio Alves (PR), o vice-presidente GCM Romário Policarpo (PTC) e Alfredo Bambu (PRP), suplente do vereador licenciado Cabo Senna (PRP).

Os outros três vereadores que compõem a comissão, Delegado Eduardo Prado (PV), Dra. Cristina Lopes (PSDB) e Emilson Pereira (Podemos) votaram pela rejeição do projeto. A matéria está aguardando a apreciação para segunda e última votação.

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.