Nota Oficial

Causaram estranheza as calúnias de Carlos Cachoeira, publicadas hoje pelo jornal Diário da Manhã. Justamente ele faz essas conjecturas mentirosas, pois é alvo de um escândalo investigado pela Polícia Federal na Operação Monte Carlo. Não Cachoeira, processado e condenado pela Justiça a mais de 40 anos de prisão, mas sim a população de Goiás merece esclarecimentos!

No texto, Cachoeira confessa e deixa clara sua relação estreita com a diretoria da empresa Delta, iniciada no atual governo Marconi Perillo e negada na CPMI durante a investigação promovida pelo Congresso Nacional. As provas coletadas foram enviadas ao Ministério Público Federal e serviu para instaurar o inquérito criminal, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), para apurar a relação de Carlos Cachoeira com o governador Marconi Perillo.

Diante disso, foi solicitada audiência junto ao Procurador-Geral da República e ao presidente do STJ para repassar-lhes esses novos fatos, que evidenciam a atuação política e coordenada desse grupo para tentar atingir a imagem pública e honrada do candidato Iris Rezende Machado.

A candidatura de Iris Rezende ao governo significa real ameaça ao poder desse grupo, que se entranhou politicamente no governo de Goiás, nomeando assessores diretos do atual governador.

A Coligação Amor por Goiás não deixará de levar a verdade aos eleitores do Estado e não se intimidará por ameaças proferidas por preposto do governador.

Coligação Amor por Goiás
PMDB – SDD – DEM – PCdoB – PTN – PRTB – PPL

Leia mais: Carlos Cachoeira admite ligações com Iris Rezende. O candidato do PMDB não o desmentiu