Cientistas conseguiram identificar infecção pulmonar em feto causado por Covid-19

O estudo já tinha encontrado o RNA do vírus no cordão umbilical e na placenta materna

Pela primeira vez, cientistas conseguiram identificar o RNA do Sars-CoV2 em outros órgãos do feto, como no coração, cérebro, rins, fígado e agora a evidência que o vírus causou uma infecção pulmonar em um bebê na 34ª semana de gestação. O estudo foi publicado na revista “Frontiers in Medicine” nesta semana.

A pesquisa foi feita em um feto abortado na 34ª semana de gestação, após a mãe contrair o Covid-19. No pulmão do feto havia uma grande quantidade de células de defesa, indicando uma inflamação e contaminação pelo vírus. O autor do estudo, o pediatra Arnaldo Prata, do Instituto D’Or de Pesquisa, explicou que “detectamos o RNA do vírus em diversos tecidos, no bulbo olfativo, na glândula salivar, no pulmão, na traqueia, nos rins, além de na placenta e no cordão umbilical. Com o exame de imunofluorescência, conseguimos também registrar a presença da proteína S do Sars-CoV2 no cérebro e no coração”.

Contudo, neste caso em específico, a morte do feto não teria sido causada pela infecção pulmonar e sim por uma trombose na placenta materna que pode ter sido causada pela Covid-19. Como já mostra diversos estudos científicos, o Sars-CoV2 pode causar casos de coagulação em gestantes.

Prata ainda afirmou que não dá para saber se, caso o feto tivesso sobrevivido, se ele teria alguma sequela, como algumas pessoas que tiveram Covid-19 já apresentaram. “Precisamos agora acompanhar essas crianças ao longo da vida. No caso dos adultos, já está bastante documentado que a infecção pode causar vários problemas, como déficit cognitivo, problemas neurológicos e insuficiência cardíaca. Nas crianças, ainda não sabemos se teremos problemas adiante”, afirmou.

*Com informações do Correio Braziliense

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.