A forte chuva que caiu em Goiânia na tarde desta quinta-feira, 9, causou estragos. A capital registrou pontos de alamento e, até às 17h30, a Companhia de Urbanização de Goiânia (Comurg), já tinha contabilizado a queda de doze árvores.

O Setor Jaó foi o que concentrou o maior número de árvores caídas: sete no total. No Balneário Meia Ponta foi registrada a queda de duas e os setores Bueno, Marista e Moraes registram uma árvore caída em cada.

O Corpo de Bombeiros foram chamados para duas ocorrências de carros ilhados: uma no viaduto da Jamel Cecílio e outra no Jardim Novo Mundo. Apesar do nível da água ter atingido a metade do veículo nos dois casos, segundo os bombeiros, ninguém ficou ferido.

Para o fim de semana, a previsão é de mais temporais em Goiás. De acordo com a previsão do Centro de Informações Meteorológicas e Hidrológicas do Estado de Goiás (Cimehgo), de sexta a domingo, “teremos a formação de áreas de instabilidade, devido ao aumento da nebulosidade combinado com o calor, o que favorece as pancadas de chuvas ‘típicas de verão’, que podem vir localmente fortes, acompanhadas de rajadas de vento e raios”.