CGU identifica mais de 396 mil servidores públicos que receberam auxílio emergencial em maio

Grande parte de foi militares, mas o órgão encontrou agentes de todas as esferas pública

A Controladoria-Geral da União (CGU) identificou 396.316 agentes públicos que receberam o auxílio emergencial indevidamente no mês de maio. Foram identificados servidores federais, estaduais e militares.

O órgão identificou 17.551 militares ativos, inativos ou pensionistas que receberam o benefício. Outros 7.236 beneficiários foram identificados como servidores federais e os demais 371.529 funcionários são das esferas estadual, distrital e municipal, incluídos ativos, inativos e pensionistas.

Somente para os servidores que receberam de forma irregular, o governo federal gastou R$ 279.674.400 em maio.

ACGU identificou os funcionários através de CPFs na bases de dados do governo federal e de tribunais de contas estaduais e municipais, além das controladorias-gerais dos Estados e do Distrito Federal.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.