CEI da Educação vai investigar mau uso do dinheiro público feito por gestão Iris

Requerimento foi apresentado pela vereadora Sabrina Garcêz (PTB) e comissão deve ser formada em breve

Vereadora Sabrina Garcêz (PTB) | Foto: Larissa Quixabeira/Jornal Opção

A Câmara Municipal de Goiânia recebeu um requerimento de autoria da vereadora Sabrina Garcêz (PTB) que pede a criação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para investigar possíveis irregularidades na Secretaria Municipal de Educação (SME). Sabrina conseguiu outras 11 assinaturas, número suficiente para a realização da CEI.

O requerimento agora será encaminhado para a diretoria legislativa onde será feito o cálculo de proporcionalidade para que os líderes de partidos possam indicar os nomes para compor a comissão.

De acordo com Sabrina, a intenção é investigar as denúncias sobre o mau uso do dinheiro público dentro da SME, além da falta de servidores mesmo com processo de concurso deflagrado e próximo ao vencimento. “A gente sabe que várias escolas estão dispensando os alunos mais cedo por falta de profissionais e o secretário diz que não há necessidade de contratação de mais servidores”, explicou a vereadora.

A comissão também vai apurar a questão das creches conveniadas que, segundo Sabrina, estão sem receber. “Elas representam 40% da nossa demanda. Se esse mecanismo deixa de existir ou apresenta falhas é a população que sofre”, destaca.

A falta de insumos, como material escolar e merenda, as contratações temporárias e o cumprimento do plano de Cargos e Carreira dos Servidores da Educação Municipal também serão objetos de investigação da comissão.

O prazo para a conclusão dos trabalhos é de 90 dias, prorrogáveis por igual período. O prazo de abrangência das investigações é de 2017 até a data da instalação da Comissão.

Deixe um comentário