CCJ do Senado aprova Fachin para o STF

Por 20 votos a sete, Comissão confirma indicado de Dilma para ocupar posto de Joaquim Barbosa. Nome deve ser analisado em Plenário na próxima semana

Nome de Luiz Eduardo Fachin segue para análise no Plenário | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Nome de Luiz Eduardo Fachin segue para análise no Plenário | Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após sabatina que durou quase 11 horas, Luiz Eduardo Fachin foi aprovado ao Supremo Tribunal Federal (STF) pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado por 20 votos a sete.

O nome segue para o Plenário, onde deve ser analisado, segundo o presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB), na próxima semana, no dia 19. A CCJ aprovou também regime de urgência para a análise.

A presidente Dilma Rousseff (PT) indicou Fachin ao posto que foi ocupado por Joaquim Barbosa até julho de 2014. Para assumir o cargo, ele precisa ser aprovado por 41 dos 81 senadores. Fachin é advogado e professor universitário.

Deixe um comentário