CCJ aprova o Dia do Nascituro e de Conscientização sobre os Riscos do Aborto

Projeto é de autoria da vereadora Gabriela Rodart (PTB) e sugere o dia 8 de outubro para celebração

Nesta quarta-feira, 18, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), da Câmara Municipal de Goiânia, aprovou o projeto de lei da vereadora Gabriela Rodart (PTB) para instituir no calendário oficial da capital o Dia do Nascituro e de Conscientização sobre os Riscos do Aborto, a ser celebrado anualmente em 8 de outubro. A proposta segue agora para votação em plenário.

Segundo a autora do projeto, o objetivo do projeto é pelo reconhecimento da pauta e para que haja na cidade celebrações cívicas em defesa do direito à vida. Gabriela destaca que “a proposta tem o objetivo de conscientizar a sociedade a respeito das graves consequências da prática do aborto induzido para a saúde física e mental feminina”, diz.

Apesar da aprovação, a procuradoria da Casa manifestou-se pelo arquivamento do projeto, visto que em 2009 o ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende, já havia sancionado uma lei que estabelece o 8 de outubro como o Dia Municipal em Defesa da Vida.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.