Casal lésbico tenta defender mulher e acaba agredido por homem em festival

Relato publicado no Facebook de uma das vítimas conta que as duas levaram socos e chutes no rosto

Um casal de lésbicas utilizou o Facebook para relatar uma agressão que teria sido sofrida durante o festival sertanejo Villa Mix de Brasília (DF), realizado no último fim de semana. Segundo Yara Pereira de Abreu, ela e a esposa, Brendha Dantas, foram vítimas de um homem, após tentarem defender uma outra mulher que estava sendo agredida.

No post, elas contam que chegaram ao evento, que estava lotado, por volta de 19h50 e procuraram um local com menor aglomeração de pessoas. Pouco tempo depois avistaram o suposto agressor atirando gratuitamente um copo de cerveja em uma garota que passava por ele. Ao tentar tirar satisfações, houve confusão e o casal saiu em defesa da vítima.

“Estávamos acompanhando a situação a poucos metros de distância e nos aproximamos para apaziguar e defender a mulher que estava sofrendo agressão, por fim conseguimos apartar a discussão; afinal não havia nenhum segurança próximo e tão pouco quando solicitamos, e nos distanciamos para acalmá-la”, contam.

Momentos depois do ocorrido, Brendha e Yara estavam a caminho do banheiro quando o mesmo homem as interceptou e os ataques começaram. Elas contam que o agressor gritava palavras de ódio e ofensas homofóbicas; mesmo assim, dizem que não responderam e seguiram. “No instante que dei o primeiro passo, ouvi os gritos da minha esposa que estava logo atrás de mim e estava sendo agredida, pois tentou me defender de um soco desferido contra mim pelas costas. Nesse instante, ela foi jogada no chão, corri para socorrê-la e fui covardemente atingida por chutes e socos no rosto”, relata Yara.

Segundo o casal, não havia nenhum segurança ou policial para ajudá-las e evitar a agressão, que foi contida por amigas das vítimas. No post, elas pedem ajuda para identificar o suposto agressor. Veja o post:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.