Carta de Bolsonaro teria sido publicada em pelo menos três portais neonazistas, aponta site

Texto foi descoberto pela antropóloga Adriana Dias, pesquisadora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)

Jair Bolsonaro, presidente da República | Foto: Reprodução

Uma carta datada de 17 de dezembro de 2004 escrita pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), na época deputado federal, foi publicada em pelo menos três sites neonazistas brasileiros. É o que diz reportagem do The Intercept Brasil. A carta foi descoberta pela antropóloga Adriana Dias, pesquisadora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), há 20 anos.

Segundo reportagem, a descoberta veio enquanto a pesquisadora se preparava para uma palestra, momento em que consultou uma das páginas que ela havia visitado em 2006. O texto aparece acompanhado de uma foto dele [Bolsonaro] e o link para o site que usava na época. (Com informações do UOL).

Uma reportagem do UOL, aponta que não há como comprovar que o então deputado tenha enviado a mensagem apenas aos sites em questão, porém, o texto não foi encontrado em nenhum outro lugar.

A pesquisadora estuda a atuação de grupos neonazistas no país e ainda de acordo com a reportagem do The Intercept Brasil, ela costuma imprimir o conteúdo das páginas e, em seguida, denunciá-las para que sejam tiradas do ar.

*Com informações do UOL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.