Cansado, Mandetta diz que já se foram “60 dias tendo de medir palavras” no governo 

“Você conversa hoje, a pessoa entende, diz que concorda, depois muda de ideia e fala tudo diferente”, justificou o ministro que se prepara para deixar o posto 

Foto: Reprodução

O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse estar cansado de tocar o ministério de Jair Bolsonaro. A declaração foi dada em entrevista à Revista Veja logo após a coletiva de imprensa do ministério da Saúde na última quarta-feira, 15. Na ocasião, Mandetta disse que já se foram sessenta dias no que classificou como uma “batalha”.

“60 dias tendo de medir palavras. Você conversa hoje, a pessoa entende, diz que concorda, depois muda de ideia e fala tudo diferente. Você vai, conversa, parece que está tudo acertado e, em seguida, o camarada muda o discurso de novo. Já chega, né? Já ajudamos bastante”, completou o ministro.

Novamente o auxiliar reforçou que permanecerá no cargo até que o presidente encontre um substituto. Além disso, também se colocou a disposição para auxiliar seu sucessor no que for preciso. “Vamos ajudar, quem entrar, se quiser nossa ajuda. A gente tem compromisso com o país. Aqui é tudo marinheiro antigo, não tem principiante, ninguém vai torcer contra”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.