Candidato a vereador é morto a tiros após ser atacado durante live, no interior de Minas Gerais

Suposto autor do crime é Jorge Marra, secretário municipal de Obras e irmão do prefeito da cidade, Deiró Marra (DEM)

Momento em que Cássio Remis (PSDB) é interrompido por Jorge Marra. Foto: Reprodução.

Na tarde desta quinta-feira, 24, o ex-presidente da Câmara Municipal de Patrocínio (MG) e candidato a vereador, Cássio Remis (PSDB), foi assassinado a tiros. Segundo informações da Polícia Militar, o crime aconteceu após uma live transmitida em uma rede social do político, na qual ele denunciava uma suposta obra irregular realizada pela Prefeitura do município mineiro.

Durante a transmissão, a vítima filmou a chegada de um veículo branco. Desceu do carro Jorge Marra, secretário municipal de Obras e irmão do prefeito da cidade, Deiró Marra (DEM). Remis chegou a capturar imagens do opositor. “Está aqui agora o secretário que veio aqui para me agredir” disse.

A gravação mostra Jorge Marra se aproximando de Cássio, enquanto ele gritava para o homem não quebrar o celular. Neste momento, a transmissão foi interrompida.

O tenente-coronel Caixeta, que atendeu a ocorrência, afirmou que depois de ter pegado o celular da vítima, o homem entrou de volta no carro e seguiu em direção à Secretaria de Obras. O candidato do PSDB seguiu o autor para tentar recuperar o aparelho. Segundo Caixeta, foi quando Marra “sacou um revólver e efetuou disparos contra a vítima”. 

O autor do crime teria deixado o local em uma caminhonete Hillux e ainda não foi localizado pela polícia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.