Candidato à presidência da OAB-GO defende piso salarial para advogados

Pedro Paulo Medeiros diz que entidade deveria ser mais atuante e fiscalizar cumprimento da tabela mínima de honorários

Advogado Pedro Paulo Medeiros | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O candidato à presidência da OAB-GO, advogado Pedro Paulo Medeiros, em entrevista ao Jornal Opção, defendeu a criação de um piso salarial para a categoria. Um projeto de lei que determina o valor mínimo a ser pago para advogados inscritos na Ordem já foi apresentado na Assembleia Legislativa de Goiás.

Para Pedro Paulo, sem piso salarial, os advogados recém-formados acabam se submetendo a pagamentos ínfimos e ao que ele classifica como “leilão de trabalho”. “São cerca de 10 mil novos advogados inscritos nos últimos cinco anos. Esses advogados têm clamado para que se estabeleça um piso salarial para que eles possam, já no incio de sua profissão, ter um mínimo razoável para sua manutenção, para que eles possam continuar estudando e se inserindo no mercado de trabalho.”

O candidato critica a atuação da OAB que, segundo ele, poderia mudar a situação dos novos advogados. “A OAB deveria criar métodos e ferramentas de fiscalização para exigir o cumprimento da tabela mínima de honorários. Além disso ela deveria adotar políticas de sensibilização do poder legislativo, do governo estadual para que a lei de piso salarial tramite na Assembleia, seja aprovada e sancionada pelo governador”, analisou.

O projeto que está em tramitação na Casa de leis foi apresentado pelo deputado Jean Carlo (PSDB) depois de uma reunião entre Pedro Paulo, deputados estaduais e o presidente da Assembleia José Vitti.

“Eu estive lá na Assembleia e conversei com deputados e com o presidente da Casa, e eles atenderam ao meu pedido e fizeram o compromisso de aprovar essa matéria”, finalizou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.