Câmeras são instaladas em 20 pontos estratégicos na capital

Novo Centro de Gestão Integrada, instalado na sede da Prefeitura de Goiânia, será monitorado por agentes da Guarda Civil Metropolitana

Guarda Civil Metropolitana faz monitoramento na central | Reprodução/Twitter

Guarda Civil Metropolitana faz monitoramento na central | Reprodução/Twitter

O novo serviço de vigilância eletrônica do município conta com câmeras instaladas em 20 pontos estratégicos de Goiânia. O Centro de Gestão Integrada (CGI), apresentado às autoridades no Paço Municipal nesta segunda-feira (21), é monitorado por agentes da Guarda Civil Metropolitana (GCM).

O prefeito Paulo Garcia (PT) avalia que o centro ajuda no reforço da segurança na capital, com elo entre a Polícia Militar e GCM. “Já recuperamos vários carros roubados, pois as câmeras captam detalhes.”

O projeto é realizado com recursos do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e governo federal. A intenção é incluir mais 300 câmeras em toda cidade até o fim de 2016.

“A Guarda vai trabalhar em tempo real”, ressalta Paulo Borges (PMDB), secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec).

Ao longo do ano o monitoramento do fluxo de trânsito da Superintendência Municipal de Trânsito, Mobilidade e Transportes (SMT) também será feito pela central, assim como eventos meteorológicos, chuvas e quedas de árvores. A integração traz maior agilidade no atendimento de ocorrências.

Gerente de monitoramento da Sedetec, Sérgio Kafuri conta que outras 40 câmeras — já instaladas — serão interligadas em breve ao CGI. “Ao todo, serão 60 câmeras de vídeo monitoramento espalhadas por pontos da cidade, como o parque Vaca Brava, a Rua 10 e a Praça Universitária. O trabalho está surgindo para trazer mais segurança para a população”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.