Câmara formaliza pedido para criação do Instituto de Diabetes de Goiânia

Requerimento do vereador Jorge Kajuru contou com apoio de 32 parlamentares e será enviado ao prefeito de Goiânia

Vereador Jorge Kajuru/Fernando Leite

A Câmara Municipal de Goiânia aprovou na sessão desta quinta-feira (2/2) o requerimento do vereador Jorge Kajuru (PRP) em que pede ao prefeito Iris Rezende e à secretária municipal de Saúde, Fátima Mrué, a realização de estudos técnico, estrutural e jurídico para a implantação do Instituto do Diabetes em Goiânia. Segundo o vereador, se acatada a proposta, esse será o primeiro do Brasil, com devido organograma e regimento.

O pedido recebeu o apoio de 32 vereadores, que assinaram o documento de Kajuru. “Na minha campanha eleitoral, levantei essa ideia de criar IDG, ou seja, uma entidade para apoiar todos os cidadãos goianienses que sofrem esse mal. No caso, seria o primeiro instituto dessa natureza no Brasil”, justificou.

Citando dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o vereador lembra que, entre 1980 até a atual década, os casos de diabetes praticamente quadruplicaram, passando de 108 milhões para 422 milhões em todo mundo.

“Em nosso país, por exemplo, são mais de 16 milhões de brasileiros adultos que sofrem dessa doença. Sem contar que ela mata 72 mil pessoas por ano no Brasil. Sendo que as duas primeiras, AVC e infarto, podem ser causadas também pela diabetes”, acrescentou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.